lucia

Curriculum

CURRICULUM LUCIA PORTO

SÃO PAULO, SP 1947
VIVE E TRABALHA EM SÃO PAULO.

Formação: Artes Plásticas - Escola Panamericana de arte – 1976.

Apresenta projetos desde 1976 em salões nacionais e internacionais. Tendo se dedicado a estudos e pesquisas de vários matérias (forma, fragmentos, elementos da natureza) pelas possibilidades da multiplicação pela magia sedutora dentro da produção artística.

Encontrando total apoio nos seguintes laboratórios:

    • IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas.
    • USP - Universidade de São Paulo, Instituto de Paleontologia (Taxdermia - Prof. Guilherme Witaker.
    • Orlando USA, Disney Park.

Procurando nas suas pesquisas o ponto perfeito de equilíbrio, (paixão e dedução) dando ao espectador uma arte para um mundo melhor.

Possui obras em acervos, colecionadores e meseus:

    • MAM - Museu de Arte Moderna - Parque Ibirapuera - DELTA T IGUAL A ZERO.
    • Museu de Arte do Esporte Olímpico - Centro Olímpico da Cidade de São Paulo - MEDIDAS DE PESO.
    • Museu dos Bandeirantes - Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo - NAS ASAS DO AMANHÃ.
    • Museu de Arte do Parlamento de São Paulo - EXPLOSÃO.
    • Obras em Acervos – Fundação Yazigi SP - TEOREMA DA NATUREZA.

Participou de vários salões nacionais e internacionais, coletivas e Bienais e instituições de todo o mundo.

1976 – Coletivas de salões nacionais e internacionais.

Pesquisas no Laboratório Park Disney

USP – Instituto de Paleontologia

1977 – Panorama de Arte Atual, POLUIÇÃO VISUAL SUBMARINA.

XIV Bienal Internacional de São Paulo –TEOREMA DA NATUREZA.

Acervo da Galeria Skultura SP

1978 – Panorama de Arte Atual de Escultura – MAM Museu de Arte Moderna  - GUERREIROS DE YUNG. 

Individual Galeria Paulo Figueiredo   LAMPAS

MAESP – Museu de Arte do Estado de São Paulo Encontro de Escultores Brasileiros de São Paulo

1979 – Exposição de Arte e Escultura Lúdica, MASP Museu de Arte de S.Paulo- HOMENAGEM A DIENES

Aquisição das esculturas de Dienes no Parque de recreação da Fundação Cultural de Curitiba

1980 - Primeiro Festival de Mulheres nas Artes – Intervenção Urbana – FIO X ESPAÇO.

Panorama de Escultura Brasileira MAM – Museu de Arte Moderna de São Pulo  DELTA T IGUAL A ZERO.

Espaço Momento, Apropriação de Espaço Urbano – Parque do Ibirapuera.

1981 – Panorama de Arte Atual Brasileira, MAM Museu de Arte Moderna  MARKAS

1982 – Primeiro Salão Paulista de Arte Contemporânea. Ibirapuera MODERNIDADE E LIQUIDAÇÃO.

Exposição de Escultura na Galeria do Clube Sírio Libanês ,  MEDIDAS DE PESOS.

Paço das Artes - Apropriação de espaço – INSTANTE DE EQUILÍBRIO

1983 – Apropriação de Espaço no Viaduto na Cidade de São Paulo, MIE-KEN bairro da liberdade  NESTE DIA DE LIBERDADE

Exposição de Fotos NESSE DIA DE LIBERDADE no Espaço Nikkei de Arte São Paulo.

Representação – documentação  da interferência urbana

Exposição Individual e Esculturas  Galeria Paulo Figueiredo LAMPA II

1985 – Panorama de Arte Brasileira – Formas Tridimensionais MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo  RESSUREIÇÃO

1987 – Interferência Urbana – Evento junto a Bienal Internacional de São Paulo POR QUE NÃO CANTAR FORA

Intervenção Urbana MAC Museu de Arte Contemporânea, Campus da Universidade de São Pulo - SILHUETAS QUE PASSARAM-SE

Interferência Urbana na cidade de São Paulo USP - PRAÇA DO RELÓGIO – ATELIE MOVEL

1988 - Intervenção Urbana – Instalação MAC – Museu de Arte Contemporânea  VIADUTO DO CHÁ VIA MAC.

Intervenção Urbana, MAC  Museu de Arte contemporânea, HÁ TEMPOS IMEMORIAIS

Instalação Simultânea a rua e museu AÇÃO POETICA DO OBJETO ARTE

1989 – Museu da Arte Contemporânea Programação Paralela XX BIENAL DE SÃO PAULO -  A VIA NOVAMENTE

Museu de Arte Contemporânea  Galeria do Metro Sé, Fragmentos das A VIA NOVAMENTE

1990 – MAC Museu de Arte Contemporânea PEÇAS PARA ANANKE

1991 - Uma Intervenção Urbana na Av. Paulista

PROJETO DE AÇÃO CULTURAL NO METRÔ DE SÃO PAULO,   Inauguração do Metrô Paulista CONSTRUÇÃO SELVAGEM (BICHOS NA PAULISTA)

1992 – Individual no ESPAÇO CULTURAL  YAZIGI  Intervenção Urbana na av. 9 de julho

O BARCO DE CARONTE

Projeto Arte Educação – O FINAL DO EFÊMERO

Ação e Educação na Universidade Federal de Goiás – OBJETO E SUAS MULTIPLICAÇÕES

1993 – MAB Museu de Arte Brasileira de São Paulo FAAP  - CENAS DE PARÁBOLA

1994 – 23* Salão Bunkio de Arte Contemporânea  São Paulo

1996 – Artexpo New  York  - NEW  YORK

Escultores Brasileiros - Mostra na Galeria Escultura  EXPERIÊNCIAS POÉTICAS

1997 - 2* Mostra e Escultura,  Projeto Arte e Educação no Centro Empresarial de São Paulo

A ESCULTURA COMO ARTICULAÇÃO DE FORMA E VERSO

1998 - Segunda Mostra de Escultura no Centro Empresarial do Rio de  Janeiro

1999 - Museu do Palácio dos Bandeirantes SP, Jardim das Esculturas  CANTO DAS ÁRVORES

2000 -  9* Salão de Arte Contemporânea de São Paulo

2001 -  Internacional Artexpo New York –NEW YORK

Espaço Multimodal da Embaixada do Brasil BERLIN ALEMANHA FRUTO DE HERA

2002 – CASA COR – São Paulo SP, PINTURAS RECENTES

2003 - CASA COR SÃO PAULO - DIGIGRAFIAS  FRUTOS DE HERA

Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

Parque das Esculturas NAS ASAS DO AMANHÃ Convite para o acervo do Parlamento da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

EXPLOSÃO

2004  SESC  Serviço Social do Comercio de Sãa Paulo -  UMA VIAGEM DE 450 ANOS –  ORIGEM DA VIAGEM

FALL WINTER - Ofício Jeans Swear  Espaço Atelier Galpão três

Opera Rock – entrevista Lucia Porto na Revista da Opera Rock

2005 – Caderno de Notas Wlado 30 anos  Estação Pinacoteca São Paulo Brasil

Visita aos Atelier do Artista, 27* Bienal Internacional de São Paulo, Espaço Atelier Galpão 6

2006  Encontro com os Arquitetos no Espaço Atelier Galpão 6

2007 – Exposição Individual no Galpão 6, Homenagem a MIRA SHENDEL  (MÃE)

Museu de Arte e Esporte Olímpico  LEVANTAMENTO DE PESO

WORKSHOP  Arte  e Educação no Esporte – centro Olímpico da cidade de S.Paulo

2008 – Fechamento do Espaço do Atelier Galpão 6 – Individual de Escultura, Pinturas e Objetos ORIGEM

INDEX DUBAI - OLHO DO FALCÃO

2009 Inauguração do novo Espaço Atelier

ART FAIR GERMANY HANNOVER - VICTORY

FLIGHT

BRAZILIAN ART EXHIBITION DUBAI -FLIGHT UP

2011 – EXPO CHINA – CANTUN - SÉRIE  ORIGEM

 

 

       


LUCIA PORTO, SÃO PAULO - SP - 1947

Artista plástica, experimental, vive e trabalha S. Paulo, atua em espaços institucionais, alternativos e urbanos com obras de grandes dimensões, usando espaços como suporte. Explora a matéria, prima, primeira, primordial. Desvenda o universo criativo e imaginativo que um objeto trás intrísico a sua essência sem alterar necessariamente a forma, mas alterando a percepção humana do mesmo.

Com um trabalho plástico visual, investiga através de referências literárias filosóficas e cientificas (paleontologia, arqueologia, medicina) objetos ou fragmentos da sociedade urbana, peças simples de um roteiro cotidiano podem originar um todo complexo e instigante onde objetos ou fragmentos são transformados em objetos únicos e multiplicativos na união de materiais bastardos com o nobre, exibindo nesta postura a sedução e o fascínio na dialética dos opostos, exibindo não apenas uma obra mas um projeto estético de marca inteiramente pessoal em suas esculturas, instalações e cenas.

Possui obras em vários acervos e museus, tais como MAM Museu de arte moderna de S.PAULO, acervo do Palácio do Governo de S.Paulo, Jardim das esculturas e acervo da Assembleia Legislativa de S.Paulo, acervo yazigi, Museu do Esporte do centro Olímpico e outros.

MEU DEPOIMENTO

Nos trabalhos procuro construir junto com o espectador uma obra poética instigante e sedutora que seja minha e dele.

Resgatando num processo de sedução e multiplicação um mundo em transformação por nos transformável.

Criando não apenas objetos mas um projeto estético transformando-os na suas multiplicidade novos objetos com visões de sedução tal que estes criem fatos que contribuem para uma visão poética do mundo, meus olhos se interessam por passear a construir formas novas que navegam na mais diversas linguagem.

É uma espécie de olho clinico geral do mundo.

Sempre existe um projeto.

Procuro o ponto perfeito de equilíbrio entre a união de diversas matérias explorando o Maximo da sedução.

Desde 1986 venho percorrendo nestas investigações em diferentes lugares.

Procurando sempre o equilíbrio poético, sedutor entre espectador e eu fazendo da arte um mundo melhor.